A nossa Equipa

É a visão, o talento e o empenho da nossa equipa que impulsiona o sucesso da nossa empresa.

Na CRITICAL Manufacturing, o processo de recrutamento é exigente e rigoroso, garantindo que apenas os melhores e mais brilhantes profissionais fazem parte da nossa equipa.

Na CRITICAL Manufacturing, na base do desenvolvimento de cada produto e serviço, há uma equipa inteligente, ambiciosa e altamente motivada. Convidamo-lo a consultar as oportunidade de colaboração e fique a saber o que faz da nossa empresa um lugar especial.

Para mais informação, por favor clique nos seguintes links.

O conselho da Administração da Critical Manufacturing é constituído por três administradores, dois dos quais são administradores não-executivos, representando a Critical SGPS e a Critical Ventures Fund I.


Francisco Almada Lobo
CEO e co-fundador

Francisco Almada Lobo é licenciado em Engenharia Electrotécnica pela Universidade do Porto. Iniciou a sua carreira no Instituto CIM R&D, seguindo-se a Siemens Semicondutores, em 1997. Ao longo da sua passagem pela Siemens, Infineon e Qimonda, ganhou experiência em diversas áreas de produção tendo, em 2004, liderado a primeira migração de um sistema gestão da produção (MES) numa instalação de elevado volume e sem paragem de fábrica. Entre 2005 e 2009, geriu o Porto Development Center da Infineon e Qimonda, com a implementação de projectos de automação nas fábricas do grupo em todo o mundo.

MBA pela Porto Business School (à data Escola de Gestão do Porto), actuou como Chief Operating Officer (COO) da Critical Manufacturing, onde, entre outras áreas, foi o responsável pela unidade de negócios de Produtos. Desde 2010 é o CEO da empresa.


Gonçalo Quadros
Chairman e Membro do Conselho de Administração (não-executivo)

Gonçalo Quadros formou-se em 1987 em Engenharia Eléctrica (ramo de Ciência da Computação) e trabalhou na indústria e I&D antes de obter seu PhD em Ciência da Computação pela Universidade de Coimbra em 2002. Durante a sua vida académica, leccionou na Universidade de Aveiro e na Universidade de Coimbra (matérias sobre matemática e computação),tendo sido autor de mais de 40 trabalhos e revisor de várias conferências e revistas.

Foi um dos co-fundadores da Critical Software em meados de 1998 e ganhou o prémio de melhor plano de negócios da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), também em 1998. Foi igualmente responsável pelo lançamento e consolidação de várias unidades de negócios da empresa, assumindo responsabilidades na área de projetos e gestão técnica de alguns dos negócios mais importantes e envolveu-se continuamente no desenvolvimento de negócios.

De 2005 a 2011, Gonçalo Quadros foi CEO da Critical Software, tornando-se Chairman em 2012. Em 2006 foi distinguido pelo Presidente de Portugal com a "Ordem de Mérito Grande-Oficial". Recebeu ainda o prémio II INSEAD Entrepreneurship (promovido pela Alumni Portuguesa da INSEAD) e a Ernst & Young (Filial Portuguesa) prémio Emerging Entrepreneur of the Year.


Pedro Murtinho
Membro do Conselho de Administração (não-executivo)

Pedro Murtinho está Critical Software holding desde o final de 2001, onde é Director Financeiro. Antes de ingressar na Critical Software, era já há um ano, o CFO de um importante grupo imobiliário com nove empresas, realizando investimentos em Portugal e no Brasil. Durante este período negociou operações de project finance e liderou negociações com grandes grupos hoteleiros como a cadeia de hotéis Marriott.

Em 2000 foi brevemente envolvido como CFO de uma holding que actuava sobretudo no comércio de equipamento de artes gráficas, o segundo maior fornecedor de Portugal, onde detinha a responsabilidade definir negócios de representação junto de unidades fabris europeias. Em inícios de carreira (1995 a 1999), esteve numa associação regional, onde fez o seu estágio e mais tarde, 1997, tornou-se o CFO.

Pedro Murtinho é bacharel em Administração de Empresas pela Faculdade de Economia de Coimbra.

O Prof. Rui Guimarães é o Presidente da Assembleia Geral da Critical Manufacturing.


Prof. Rui Guimarães Critical Manufacturing
Presidente da Assembleia Geral

Nascido em Portugal em 1949, Rui Campos Guimarães é Engenheiro Mecânico (1971, Universidade do Porto, Portugal), mestrado em Pesquisa Operacional (1976, da Universidade de Lancaster, Reino Unido), Ph.D. em Investigação Operacional (1981, da Universidade de Lancaster, Reino Unido) e Professor "Agregado" (1998, Universidade do Porto, Portugal).

Fez carreira académica na Universidade do Porto, onde é professor catedrético de Engenharia Industrial, na Faculdade de Engenharia, desde 1999.

Ao longo de sua vida académica, escreveu e editou numerosos artigos e livros, publicados em Portugal e no estrangeiro, sobre Gestão Industrial, Pesquisa Operacional, Estatística e Assuntos Universitários. Foi presidente da Sociedade Portuguesa de Investigação Operacional, membro do Conselho Editorial das revistas publicadas pelas Sociedades Portuguesa e Espanhola de Investigação Operacional, e membro do Conselho Internacional Consultivo do JORS, revista publicada pela Sociedade Britânica de Investigação Operacional. Foi promotor e primeiro Presidente do INEGI, um instituto interface criado pela Universidade do Porto para interagir com a indústria, nas áreas de Engenharia Mecânica e Gestão Industrial. No INEGI liderou inúmeros projetos de inovação realizados em parceria com empresas portuguesas e estrangeiras. Foi Presidente do Conselho Académico e Reitor da ISEE-EGP, a Escola de Negócios da Universidade do Porto.

Entre os vários cargos não executivos assumidos fora da universidade durante a sua carreira académica, serviu no Conselho de Administração do INA (Instituto Português de Administração Pública), o Público (um jornal diário de referência Português) e Porto 2001 (a empresa que administrou os eventos do Porto - Capital Europeia da Cultura).

De Setembro de 2003 a 2009, foi Diretor Geral da COTEC Portugal, uma organização sem fins lucrativos que visa promover a inovação, tendo sido criada por 100 das maiores empresas que atuam em Portugal, na sequência de uma iniciativa do Presidente da República Português.

Igualmente desde Setembro de 2005, que o Prof. Rui Guimarães representa o Estado Português na Fundação de Serralves, como membro não executivo do Conselho de Administração (Fundação de Serralves é uma das principais Fundações Portuguesas destinadas a promover a Arte Contemporânea).

A equipa de gestão da Critical Manufacturing é composta por um conjunto de pessoas com amplo conhecimento e experiência no fornecimento de soluções para clientes globais e de setores High-Tech.


Jeff Peabody
VP para as Vendas e Gestão de Negócios

Jeff Peabody, ex-executivo de vendas da Applied Materials, desde 1997 que ocupa cargos seniores em divisões de Marketing e Vendas de soluções de automação para produção de semicondutores. No início de carreira, Jeff Peabody liderou a adopção de sistemas e funcionalidades pioneiras em fábricas de semicondutores incluindo Controlo de Material e Equipamento, Controlo Avançado de Processo, Despacho e RFID. Uma grande parte da sua carreira foi especificamente a trabalhar com MES e módulos relacionados. Mais recentemente, Jeff detinha uma posição sénior com responsabilidade na área das vendas do Grupo de Serviços Globais da Applied Materials, nomeadamente com responsabilidade sobre as contas globais. Antes disso, actuou como Director de Vendas e Marketing da Organização Itemic e como Director Comercial da Unidade de Negócios de Produto da KLA-Tencor Process Control Group.


Adélio Fernandes

VP para a Tecnologia e co-fundador

Adélio Fernandes é licenciado em Engenharia de Sistemas e Informática. Desde 2004 que colabora e está envolvido em projectos no sector de semicondutores, nomeadamente na Infineon e Qimonda. Teve várias funções técnicas e de liderança no desenvolvimento de software, incluindo a gestão de projectos integrados de produção em larga escala para fábricas de semicondutores.


Yong Wun Lau
Director Geral da Critical Manufacturing Software (SuZhou) Ltd. e co-fundador

Yong Wun é Mestre em Ciências de Engenharia de Controlo e desde 2000 que contribui para o desenvolvimento de novas tecnologias de semicondutores, trabalhando sobretudo na Ásia (Singapura e China). Funções anteriores variam de Gestor de Área a Engenheiro I&D, Director Técnico para Automação, a Gestor Sénior para automação da produção.



Tom Bednarz
Diretor Geral da Critical Manufacturing Deutschland GmbH

Tom Bednarz está envolvido em projectos de TI para indústrias de Produção High-Tech desde1996. Tom iniciou em 1991 a sua carreira na Siemens Nixdorf como engenheiro de software e deteve vários cargos de engenharia na Siemens Components e mais tarde na Siemens Microelectronics Center, até se tornar Director da Infineon Technologies em 1999, na área de Análise de Dados, Automação Industrial e Sistemas de Execução de Produção (MES). Em 2006, Tom foi nomeado Director de Análise de Soluções de TI na Qimonda, até que ingressou na Q-Cells, em 2009, como Diretor de TI.


João Cortez
Arquitecto da Solução e co-fundador

João Cortez é licenciado em Engenharia de Sistemas e Informática e iniciou a sua carreira em 1996 no sector de semicondutores (Texas Instruments, Samsung, Infineon e Qimonda). Desempenhou vários cargos sénior de Arquitectura de Sistemas de Informação, incluindo Manufacturing Wide Architect e Solutions Architect em grandes projectos de semicondutores.



Teresa Carreiro
Operations Director e co-fundadora

Teresa Carreiro tem uma licenciatura em Engenharia Informática. Acumula experiências em projectos de TI desde 1994, trabalhando para diferentes empresas. Desde 2004 que se especializa em Gestão da Qualidade e Gestão de Projectos de Desenvolvimento em grande escala relacionados com semicondutores, experiência essa iniciada na Infineon e posteriormente na Qimonda. Teresa detém diversas certificações relacionadas com gestão de projectos, sendo inclusive uma Scrum Master.


Augusto Vilarinho
Business Development Manager

Augusto Vilarinho colabora e está envolvido em projectos de Sistemas de Informação para indústrias High-Tech desde 1998. O seu vasto conhecimento em Sistemas de Informação para Produção é complementado com experiência de campo e liderança de equipas globais e projectos de suporte de TI. Augusto geriu projectos envolvendo equipas multidisciplinares da Europa, América e Ásia e tornou-se Gestor de Inovação de Processos na Infineon Technologies / Qimonda AG até 2009. Augusto é licenciado em Engenharia de Sistemas e Informática.


Carla Silva
Directora Financeira

Carla é licenciada em Administração e Contabilidade. Com larga experiência em Finanças e Contabilidade acumulada desde 1997, Carla trabalhou em diferentes áreas de negócio, incluindo 4 anos de experiência como Controller no Oporto Development Center da Infineon e posteriormente da Qimonda.